Prefeitura Municipal de Pium
conteúdo do menu

Prefeitura Municipal de Pium

conteúdo principal
conteúdo principal

Notícia

Sistema Mandalla de produção de alimentos foi implantado como modelo para a Agricultura Familiar em Pium

 

Trajano Coelho Netto II – Ascom Pium

 

O sistema de produção em questão, foi criado pelo administrador Willy Pessoa há cerca de trinta anos, e sua filosofia tem como base a “ auto-sustentabilidade “  do homem do campo, dentro de suas próprias condições culturais tradicionais .

O prefeito de Pium – TO, Dr. Valdemir de Oliveira Barros, médico por formação cuja as raízes remontam ao campo,  preocupado em proporcionar meios de subsistência para o grande número de produtores familiares de seu vasto município, com a plena participação do Secretário Municipal de Agricultura Nivaldo Braga, implantou a estrutura da Mandalla próxima ao parque de exposições da cidade, que atrai visitantes de todo o Vale do Araguaia.

Estrutura

A estrutura física do Sistema Mandalla ocupa área de dimensão variável, de acordo com os seus responsáveis técnicos.  Constitui-se de círculos concêntricos, onde diferentes culturas agrícolas e animais são cultivados ao redor de um reservatório de água, que é a base essencial do sistema.

A partir do reservatório em posição central,  com instrumento de renovação do oxigênio da água, possibilitando a criação de peixes, o estágio circular seguinte é destinado a pequenos animais como galinhas poedeiras e outros,  abrigados em espaços  cobertos apropriados.

Círculos cobertos com sombrites,  são destinados à produção de hortaliças em variedades, como Alface, cheiro verde, couve, cebolinha e outras. A Mandalla de Pium, também mostrou a aptidão do sistema para o cultivo de  uma variedade de frutas como maracujá (que cresce em cercas vivas), mamão, cana, coco e também vegetais como feijão, mandioca e milho, plantados em áreas laterais sequentes, que também obedecem o desenho básico do sistema de produção ora citado.

 Segundo o gestor Dr. Valdemir Barros, o modelo de produção em questão tem como maiores valores, a subsistência de pequenos agricultores, bem como a possibilidade de comercialização de excedentes, que por certo aumentam a renda familiar, proporcionando a evolução econômica e sócio cultural dos mais humildes trabalhadores do campo. A viabilização de tais projetos pode ser feita através de Bancos Oficiais por intermédio do PRONAF.

A Mandalla de Pium abastece hospitais, restaurante comunitário, e planejadamente, serve a população menos assistida.

O Governo de Pium permite a presença de visitantes e orienta os interessados na implantação de tão importante módulo de produção.

GALERIA DE FOTOS